Boleto Atualizado: boletos atrasados/vencidos nunca mais.

Sem fila, sem perda de tempo, sem complicação! Atualize e pague seus boletos vencidos/atrasados

Saiba mais sobre boletos

Interessado em boletos bancários?

dúvida

Então vamos lá! O que são boletos bancários?

* Caso esta seção não seja suficiente, entre em contato conosco.


O boleto bancário é um documento que representa títulos de cobrança

Segundo o Manual Técnico Operacional da FEBRABAN - Federação Brasileira das Associações de Bancos, o conceito de Boleto Bancário “É um documento que representa títulos em cobrança, tais como: duplicatas, notas promissórias, recibos, bilhetes e notas de seguros e outras espécies, pagáveis através da rede bancária.” (veja: http://www.bradesco.com.br/br/pj/conteudo/sol_rec/pdf/manualtecnico.pdf)

De forma simples, o boleto de cobrança (também conhecido por bloqueto bancário, bloqueto de cobrança ou boleto bancário) é um documento utilizado como instrumento de pagamento de um produto ou serviço prestado. Através dele, seu emissor (cedente) pode receber do pagador (sacado) o valor referente àquele pagamento em sua conta.

O documento gerado pode ser pago por qualquer pessoa em agências de todo o território nacional, Homebankings, Casas Lotéricas, Supermercados, e agências dos Correios. Esta grande facilidade tornam o boleto bancário um documento bastante comum para os brasileiros.


Quem são os envolvidos no relacionamento de cobrança através do boleto bancário?

Os personagens principais do relacionamento da cobrança através de Boleto Bancário são:


  1. Banco: Instituição financeira responsável pela cobrança, ou seja, desde que seja previamente contratado pelo Cedente, o Banco receberá o pagamento do referido documento de cobrança pago pelo Sacado, e creditará a importância paga na conta corrente do Cedente.
  2. Sacado: Quem paga o boleto;
  3. Cedente: Quem emite a cobrança, ou seja, aquele que irá receber a quantia cobrada.

Na prática, como funciona a cobrança através do Boleto Bancário?

O Cedente emite o Boleto e encaminha para o Sacado que, durante o período de vencimento, efetuará o pagamento nos meios descritos acima. Ao receber a importância paga pelo Sacado, a instituição financeira receptora encaminhará a referida importância para o Banco emissor da cobrança para que ele credite na conta do Cedente no período de compensação acordado entre as partes. Sendo assim, neste momento o Banco emissor irá debitar a taxa de cobrança que ele acordou com o Cedente previamente.


Quais as principais informações presentes no boleto bancário?

No documento de cobrança existem vários campos informativos para que o boleto seja pago corretamente.

Boleto Explicado.
  1. Código do Banco: É composto do código do banco mais o dígito verificador.
  2. Linha digitável: É a representação numérica do código de barras. A linha digitável é baseada no valor do código de barras, mas não é o mesmo número. Ela serve para o pagamento do boleto via Internet e também é utilizada quando o código de barras está danificado.
  3. Vencimento: Data de vencimento do boleto.
  4. Agência código cedente: Este campo varia conforme o banco, mas em geral é composto pelo número da carteira, agência, conta e dígito. Dependendo do banco, pode ser: agência+conta ou mesmo carteira+agência+conta. Cada banco tem um padrão.
  5. Nosso Número: Este campo também varia conforme o banco, mas você deve dar uma atenção especial a ele, porque quando o boleto é pago, em geral, é esse o número que aparece no seu extrato, assim você tem como identificar o boleto pago. Portanto, esse número deve ser diferente para cada boleto emitido, não podendo haver duplicidades. Alguns bancos fornecem uma faixa de números que o cliente pode trabalhar, outros já deixam a critério do cliente.
  6. Valor do Documento: Este campo contém o valor do documento, com duas casas decimais e vírgula como separador decimal.
  7. Código de Barras : São código de barras, que através de sua espessura representam "0" ou "1" em binário. No total o código de barras é composto por 44 dígitos numéricos, que representam o valor, data de vencimento, entre outras informações do boleto. A composição e disposição desses números variam de banco pra banco, podendo conter o número da agência, conta corrente, código do cliente, etc.
  8. Carteira: Contém o código da carteira que está sendo utilizada. Este código varia de banco para banco. As carteiras mais comuns identificam cobranças registradas ou não registradas, as quais serão descritas mais adiante.
  9. Sacado: Quem paga o boleto. Este campo contém os dados da pessoa que irá pagar o boleto: nome, endereço, etc.
  10. Data do Documento: Data em que o boleto foi gerado ou emitido.
  11. Cedente: Quem emitiu o boleto. Este campo contém o nome de quem emitiu o boleto, que em geral é o titular da conta. Pode ser pessoa física ou jurídica, mas isso depende do banco.

Como o ATUALIZE funciona?  

Da mesma forma que o caixa quando recebe o seu boleto vencido na agência bancária. Para entender melhor, vamos explicar a estrutura da linha digitável!

A estrutura da linha digitável é a seguinte:
BBB M L . LLLL d . LLLLL . LLLLL d LLLLL . LLLLL d . D . VVVVVVVVVVVVVV
B = banco
M = moeda (real = 9)
L = campo livre
d = dígito verificador de campo
D = dígito verificador geral
V = valor e vencimento

Perceba que a linha digitável de qualquer boleto bancário é composto por 5 grupos.

Grupos de uma linha digitável.

Grupo 1: As posições de 1 a 3 referem-se ao código do banco, neste exemplo 237, a quarta posição refere-se a moeda (9 para o real) as próximas cinco posições são os primeiros dígitos do campo livre mais um dígito verificador de campo.

Grupo 2: É composto pelas posições de 6 a 15 do campo livre e um dígito verificador de campo.

Grupo 3: Composto pelas posições de 16 a 25 do campo livre e um dígito verificador de campo.

Grupo 4: Dígito verificador geral da linha digitável (D).

Grupo 5: Composto pelo "fator de vencimento" (F.V.) com quatro posições e o valor nominal do boleto, sem vírgulas. Torna-se necessário a inclusão de zeros entre os dois para compor as quatorze posições.

No processo de atualização da sua linha digitável nós alteramos apenas o fator de vencimento e o valor do boleto. Dessa forma é preservado que a conta vai ser paga da mesma forma, apenas com as correções para a data atual e os valores respectivos de multa e juros.


Quero emitir boletos bancários para os meus clientes. Como fazer?

Para emitir cobrança através de boletos bancários é necessário que sua conta corrente seja devidamente habilitada para cobrança junto ao seu Gerente de Contas. Os bancos disponibilizam diversas modalidades para a emissão de boletos, as quais podem variar conforme o banco escolhido. As formas mais comuns são "Registrada" e "Sem Registro".


Qual a diferença entre as cobranças Registradas e Sem Registro?

Na Cobrança Registrada o emissor deve enviar um arquivo de remessa para o banco. Este arquivo de remessa segue um padrão e serve para registrar os boletos emitidos. Assim, se algum sacado não pagar, o banco pode automaticamente, por instrução do cedente, mandar o nome do sacado para protesto, ou mesmo para o cadastro do SPC. Em geral é utilizado quando as empresas querem ter uma segurança maior, de modo que se o cliente não pagar eles tenham um meio legal de protestar o sacado e cobrar a dívida.

Já na cobrança sem registro, o boleto simplesmente é emitido e enviado para o sacado pagar. Não há registro no banco sobre este boleto emitido. O banco só saberá da existência do boleto quando ele for pago. Essa modalidade é mais comum em pagamentos onde o serviço ou produto só será disponibilizado após a efetivação do pagamento. Como não há registro junto ao banco, as taxas para utilização desse serviço são menores e são cobradas apenas quando o boleto é pago. A emissão fica a cargo do cedente.


Cobrança registrada

Como já foi falado, neste tipo de cobrança o cedente envia um arquivo de remessa para o banco. Este arquivo contém todas as informações de cada cobrança. Isto inclui dados do cliente (nome, cpf, endereço, etc), valor a cobrar, multa, mora, vencimento, etc. Isto é feito normalmente por meio de um software que o próprio banco fornece. Ele gera um arquivo que é remetido ao banco. Nesta modalidade, o banco imprime o boleto e envia ao seu cliente pelo correio.

Vantagens:


  1. Envio pelo correio descomplicado.
  2. Permite protestar o título pelo próprio banco.
  3. Quando seu cliente paga, já aparece o nome de quem pagou no controle do banco.
  4. Permite negociar o título com o banco.

Desvantagens:


  1. Demora até o cliente receber o boleto em casa.
  2. Custo mais alto.
  3. Dificuldade para fazer alterações de vencimento ou prorrogar.

Cobrança sem registro

Esta modalidade permite você enviar o boleto ao seu cliente sem prévio conhecimento do banco. Você utiliza a melhor tecnologia para gerar e enviar o boleto. Assim, somente após o cliente pagar, o banco toma conhecimento do boleto e credita o pagamento em sua conta.

Vantagens:


  1. Agilidade para o boleto chegar ao cliente.
  2. Facilidade para efetuar alterações a qualquer momento.
  3. Baixo custo.

Desvantagens:


  1. Ao receber, não vem identificado com o nome do cliente.
  2. Protesto deve ser feito por sua conta.
  3. Se precisar enviar pelo correio, terá de providenciar esse tipo de serviço.

Campo de Instruções  

O campo "instruções" deve conter apenas mensagens para o recebimento do bloqueto de cobrança, direcionadas exclusivamente ao caixa recebedor. Apesar do preenchimento ser de responsabilidade do cedente, torna-se necessário lembrar que tais mensagens devem expressar com muita clareza as condições para o recebimento do bloqueto, tais como: Concessão de abatimentos, de descontos, comissão de permanência por dia de atraso (multa e juros), prazos para o recebimento, etc.

Mensagens mal elaboradas e/ou de difícil interpretação, que não expressam claramente as instruções do cedente, muitas vezes podem estar em desacordo com as normas existentes e, consequentemente, gerar liquidações incorretas.

Exemplos de mensagens irregulares:


  • "Vencimento nas datas: 03/13/23, ou próximo dia útil, multa por atraso de 2% primeiro dia, 3% Segundo dia, 4% no terceiro dia, recebimento autorizado até o terceiro dia após o vencimento".
    Mensagem de difícil interpretação, causando perda de tempo e oferecendo margem para erros no vencimento.
  • "Pagável sem multa e sem acréscimo até oito dias após o vencimento, em qualquer banco".
    Mensagem que contraria normas do Serviço de Compensação de Cheques e Outros Papéis.
  • "Adquira um plano odontológico para você e sua família".
    Mensagem direcionada ao sacado.

* Se sua dúvida não consta na lista acima, entre em contato conosco.

Clique aqui e veja quem usa e o que estão falando